Crédito Agrícola

credito-agricola

Sobre o Crédito Agrícola (CA):

A caixa de Crédito Agrícola iniciou a sua atividade em 1 de Março de 1911, poucos meses após a implementação da República, mas antes da fundação do banco e por decreto lei, a rede nacional da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa começou a conceder empréstimos aos agricultores em 1778. Várias outras Misericórdias seguiram o exemplo o que levou Andrade Corvo (Ministro das Obras Públicas) em 1866 e 1867 a publicar leis destinadas a transformar Irmandades, Confrarias e Misericórdias em instituições de crédito agrícola e industrial.

Foi só a 1 de Março de 1911 que obteve o estatuto oficial de instituição bancária, foram necessários 8 anos para que a legislação confirmasse a instituição como Crédito Agrícola Mútuo. Nos anos 20 houve um crescimento de Caixas de Crédito Agrícola, graças ao esforço de um número incontável de agricultores.

Na primeira metade dos anos 30 e após a crise bancária, a tutela das Caixas passou para a Caixa Geral de Depósitos. Depois da transformação do sistema político em Abril de 1974, surge uma necessidade e vontade de alargar a sua atividade tendo como modelo o desenvolvimento do Crédito Agrícola em muitos países Europeus. Em 1978 é criada a Federação Nacional das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo – FENACAM, cuja missão era o apoio e a representação nacional e internacional das suas associadas.

As Caixas deixam de estar sob a competência da Caixa Geral de Depósitos em 1982 com a publicação do Decreto-lei n.º 231/82, o que favoreceu o crescimento da Crédito Agrícola na década de 80. A 20 de Junho de 1980 é formada a Caixa Central para esclarecer e regular a atividade de crédito das Caixas suas associadas. Em 1987 para garantir a solvabilidade é criado por um diploma oficial o Fundo de Garantia do Crédito Agrícola Mútuo (FGCAM), em que participam até hoje todas as Caixas Associadas.

Em 1994 o grupo decide valorizar a sua oferta de produtos e serviços financeiros ao criar uma empresa especializada na gestão de fundos de investimento mobiliário apelidada de CA Gest, e a Rural Seguros, hoje fixada como CA Seguros – Seguradora Não Vida. O Crédito Agrícola Vida, hoje CA Vida – Seguradora do Ramo Vida, surge cinco anos mais tarde.

Para a área de assessoria financeira é concebida a CA Consult. No ano de 1993 é formada a Rural Informática, hoje CA Informática, e mais recentemente é lançado o CA Serviços. Em 1998 surge a plataforma informática para as Caixas Associadas e a Caixa Central. Foi implementado um programa de modernização tecnológica com características muito próprias e funções únicas em 2004. No ano de 2006 a imagem foi renovada para uma imagem moderna, credível e sólida adaptada a uma nova realidade urbana, com uma oferta de soluções de produtos e serviços competitivos. O Crédito Agrícola comemorou cem anos de atividade em 2011.

Soluções Crédito Agrícola:

  • CA Dedicado
  • CA Vida Ativa
  • CA Mulher
  • CA Agricultura
  • CA Jovens Adultos
  • CA Imóveis
  • Seguros

Sendo o Crédito Agrícola uma instituição que valoriza o relacionamento com o cliente está representado em quase todos os concelhos do país, assegurando assim uma melhor satisfação dos seus clientes em qualquer situação.

Fonte: www.credito-agricola.pt

Informação: Os dados apresentados neste texto têm como base informações obtidas até à data de publicação. A informação contida neste texto não dispensa a consulta do prospecto.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies. + info

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close