Crédito Habitação com Período de Carência

credito-habitacao-periodo-carencia

São cada vez mais os bancos a disponibilizar a possibilidade de acesso a um crédito com período de carência, e são cada vez mais aqueles que tentam ao máximo usufruir desta aliciante possibilidade.

Apesar de consigo comportar vantagens e desvantagens, não há dúvida que um crédito deste tipo em muito poderá ajudar aqueles que se encontrem numa posição financeira desconfortável, e por isso tenham dificuldade em suportar os valores elevadíssimos associados às prestações mensais do seu crédito.

Vantagens e desvantagens do crédito habitação com período de carência

Optar ou não por um período de carência é uma decisão bastante delicada que, quando mal ponderada, poderá dar origem a repercussões extremamente negativas para a estabilidade das suas finanças pessoais. Por essa razão, é de extrema importância que, antes de tomar uma decisão final, fique a conhecer todos os prós e contras que lhe poderão estar associados.

Vantagens

Se tem problemas em liquidar as mensalidades do crédito e pretende usufruir de uma solução que o ajude a suportar todas as despesas durante os primeiros meses ou até anos, então esta é uma solução que se poderá revelar do seu agrado.

Durante o período de carência contratado, ver-se-á apenas obrigado a pagar os juros referentes ao empréstimo, o que resultará numa diminuição drástica das mensalidades.

Desvantagens

Apesar de um crédito deste tipo constituir uma excelente ajuda inicial, é importante compreender que, mais cedo ou mais tarde, todas as despesas referentes a um crédito terão de ser liquidadas, e alternativas como esta apenas servirão para adiar o inevitável.

Estabelecer um período de carência fará com que o prazo de pagamento do empréstimo seja encurtado. Desta forma, quando começar a amortizar o crédito habitação, acabará por ter de pagar um valor substancialmente mais elevado do que aquele que pagaria caso não tivesse usufruído de um período de carência do crédito habitação. Ou seja, pagará menos durante algum tempo, para no futuro vir a pagar mais.

Quando devidamente analisado, poderemos concluir que, a médio prazo, isto poderá revelar-se como uma desvantagem de grande dimensão, que apenas contribuirá para dificultar ainda mais a liquidação do empréstimo da sua casa.

Conclusão

Submeter-se ou não a um período de carência é uma decisão que deve ser tomada com base na sua situação pessoal. Se, de momento, sente que teria dificuldade em suportar a prestação total do empréstimo, mas acredita que dentro de algum tempo as coisas possam vir a melhorar, então talvez esta possa revelar-se como uma boa solução para si. Ainda assim, é importante estar sempre consciente de todos os riscos envolvidos neste processo, que por acaso até são imensos.

Informação: Os dados apresentados neste texto têm como base informações obtidas até à data de publicação. A informação contida neste texto não dispensa a consulta do prospecto.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies. + info

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close