Spread – saiba o que é

spread

Spread é um termo de origem inglesa e pode ser traduzido de margem adicional. Define-se como spread a diferença entre os preços de oferta de compra e de venda de um determinado instrumento financeiro. Ou seja, é a diferença entre as taxas, que os bancos pagam ao captar recursos e a que recebem ao aplicar os mesmos.

Na conceção de um crédito, para além da taxa indexante, como por exemplo a Euribor, os bancos ainda exigem o spread. Numa situação em que, quanto menor é o spread, maior a probabilidade de o consumidor conseguir uma maior rapidez na liquidação do seu crédito.

Para que serve o spread

O spread é mais uma percentagem adicionada aos encargos a ter na conceção de um crédito, serve então para determinar o ganho do banco com a concretização de um financiamento.

No caso de existir um não pagamento por parte dos clientes, considera-se o spread uma margem de risco.

Onde é aplicado o spread

Como no caso da Euribor, o spread é um grande influenciador na prestação mensal quando vamos adquirir um crédito. A única diferença entre elas, é o facto de a euribor não poder ser alterada pela instituição bancária, assumindo assim o spread como uma taxa muito relevante na hora de negociação de um financiamento.

Para conseguir baixar a taxa spread, muitos bancos apresentam algumas soluções, como por exemplo, a abertura de um plano poupança reforma (PPR), a domiciliação bancária e outros.

Deve ponderar em varias simulações antes de concretizar o crédito, mesmo nos bancos internacionais, como por exemplo, o Barclays, BBVA, entre outros. Estes têm tendência a ter um spread mais baixo, uma vez que se baseiam no mercado financeiro do seu país de origem.

É uma das taxas importantes na realização de um crédito, como é o caso do crédito habitação.

Num crédito importante como o crédito habitação deve procurar com calma e sem pressas pois trata-se de um crédito com um periodicidade longa.

Como obter melhor taxas spread

Deve procurar várias simulações em várias instituições bancárias ou até mesmo via online, de forma a obter as melhores taxas, principalmente o spread. Uma vez, que é nesta taxa que as instituições financeiras conseguem variar.

Depois de assinado o contrato, em algumas instituições financeiras é possível a renegociação do spread, porém deve informar-se antes da concretização do mesmo.

Informação: Os dados apresentados neste texto têm como base informações obtidas até à data de publicação. A informação contida neste texto não dispensa a consulta do prospecto.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies. + info

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close